Posts com a Tag ‘instalação’

Exposição Crossing [Travessias] no Paço das Artes e programação no MIS

sexta-feira, setembro 10th, 2010

Sua até sumir. Sua carne. 2010, instalação da artista Tatiana Blass

No próximo domingo, 12 de setembro, o Paço das Artes apresentará a exposição Crossing [Travessias], que faz parte da comemoração dos 40 anos da Instituição. O tema geral da mostra é memória e poder e os trabalhos participantes estão articulados em três eixos: memória histórica/cultural com narrativas coletivas e individuais, reais e fictícias; projetos cuja linguagem é construída com tempo e efemeridade e, no terceiro eixo, estão os trabalhos que lidam com a memória digital e configuração dos novos territórios de poder da cultura contemporânea. Nesta vertente, Lucas Bambozzi e Paloma Oliveira exibirão a videoinstalação inédita Do Sofá da Sua Casa, 2010, que reconstrói, através de vídeos mapeados em um cenário doméstico, o pânico vivido por milhões de pessoas diante do espetáculo midiático em relação aos ataques PCC em São Paulo em 2006.  “A ideia da mostra é contribuir, a partir do tema geral da memória, para uma visão crítica a respeito de nossa história tanto social quanto cultural”, afirma Priscila Arantes, curadora e diretora técnica do Paço das Artes. Participam também o coletivo russo AES+F, Alice Miceli, Tatiana Blass, a cubana Ana Mendieta e o mexicano mexicano Yoshua Okón.

Já no MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, acontecem duas atividades bem interessantes envolvendo arte digital: no Espaço Redondo está em cartaz a Mostra Terra Incógnita, uma instalação interativa imersiva em forma de ilha virtual imaginária do artista francês Miguel Chevalier. E nos dias 11 e 12 de setembro será desenvolvida a oficina sobre Light Painting, técnica que permite realizar desenhos com luz no espaço utilizando equipamentos fotográficos. Não perca!

Os finalistas do Conexões Tecnológicas 2010 serão divulgados até o dia 30 de setembro. Conheça os trabalhos inscritos e debata sobre a produção universitária em nosso ning. Siga o Festival também no facebook e no twitter.

Ismael Monticelli, Installations ideas, 2010

quarta-feira, julho 14th, 2010

Ismael Monticelli

UFRGS | Artes Visuais

Área de participação: Artes

Sinopse do trabalho:
Estudos, realizados com computação gráfica, para uma série de instalações onde as formas tridimensionais são adquiridas através da sequenciação de planos, configurando espaços formados através da disposição de linhas retilíneas paralelas. Como diretriz para estudo, foi utilizada a suposta realização da instalação em um espaço de 9 x 9 x 9m.

Para que fim foi realizado?

Este trabalho foi realizado para fins de aprofundamento de uma pesquisa pessoal em artes visuais.

Canal pessoal:

http://ismaelmonticelli.wordpress.com/work/

Resumo do curriculum:
Ismael cursa Artes Visuais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS – e Arquitetura e Urbanismo na Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS. Participou da algumas exposições como a Mostra Coletiva Olheiro da Arte com curadoria de Fernando Cocchiarale, CCJE, Rio de Janeiro, 2010, e da 8ª Mostra experimental de vídeos VAGALUME, Pinacoteca IA/UFRGS, Porto Alegre, 2009.

Horizonte Expandido

quarta-feira, junho 23rd, 2010

Está em cartaz até dia 15 de agosto no Santander Cultural, em Porto Alegre, a exposição Horizonte Expandido. Marina Abramović, Gordon Matta-Clark, Hélio Oiticica, Joseph Beuys e Robert Smithson são alguns dos artistas seminais que participam da mostra. A proposta da exposição, criada a partir do projeto Areal, é colocar o visitante em contato com a produção artística do contexto dos anos 60/70, que experimentava radicalmente a obra de arte como processo no qual o público era participador. Em vez de dar visibilidade a obras em situação expositiva, Horizonte Expandido tem como objetivo criar um espaço para o encontro entre pessoas, conceitos e obras, a fim de discutir como os artistas criam, interferem e compartilham suas idéias na sociedade. Um dos destaques é o artista norte-americano Robert Smithson (1938 – 1973), um dos mais influentes da arte do século XX. Seus trabalhos de land art eram intervenções em paisagens que tinham como preocupação principal a conexão entre natureza e ambiente. Em 1970 criou o conceito de escultura de site, que define escultura como parte de determinado espaço, e não como um objeto isolado.

Para quem desenvolve projetos de arte e design digital, com ênfase na interatividade com o público, essa exposição é uma referência indispensável.

Inscreva-se no Conexões Tecnológicas 2010 até 06 de agosto. Conheça os trabalhos inscritos e debata sobre a produção universitária em nosso ning. Siga o Festival também no facebook e no twitter.

Melina Scialom e Mário Del Nunzio, Corpos Urbanos, 2009

quarta-feira, junho 16th, 2010

Melina Scialom e Mário Del Nunzio

UFBA | Pós Graduação em Artes Cênicas

Área de participação: Artes

Sinopse do trabalho:
Esta é uma instalação performática que parte de premissas antropológicas e se transforma em uma obra multimídia. Com essência transdisciplinar, reflete sobre a cultura urbana em constante mutação. Pesquisamos tipologias de movimento e sonoras utilizadas no entretenimento urbano. Desenvolvemos um catálogo da gestualidade e da diversidade musical presente em tais ocorrências que são digitalmente trabalhadas e transformadas em uma instalação multimídia de vídeo, música e interação corporal.

Para que fim foi realizado?
O trabalho foi realizado como resultado de pesquisa realizada entre os dois artistas-pesquisadores pós graduandos.

Canais pessoais:

http://www.flickr.com/corposurbanos/

http://www.youtube.com/corposurbanos

www.myspace.com/melinascialom

www.myspace.com/mariodelnunzio

Resumo do curriculum:
Melina Scialom, mestranda em Artes Cênicas (UFBA) e bacharel em Dança (UNICAMP), tem se dedicado à pesquisa acadêmica em Dança e sua relação entre novas tecnologias. Desenvolve performances solo e em colaboração com artistas de outras linguagens. Mário Del Nunzio é mestrando em Música (USP) e graduado em Composição (UNICAMP). Dedica-se a vertentes experimentais da produção musical. Compõe música instrumental e eletroacústica, e toca com grupos de improvisação / música não-escrita.

Cristina de Oliveira Cardoso, Vagalume Eletroluminescente, 2009

terça-feira, maio 18th, 2010

Cristina de Oliveira Cardoso

UDESC | Artes Plásticas

Área de participação: Artes

Sinopse do trabalho:
Instalação que simule vagalumes artificiais, onde o Vagalume Eletroluminescente é um ser simbólico que vaga pelos territórios do natural e do artificial. A luz biológica dos vaga-lumes foi representada usando-se led’s. Os led’s são ligados a uma central de processamento- microprocessador, este, através de uma programação é responsável por reproduzir o padrão natural de acendimento dos vaga-lumes. O som deste ambiente foi criado através de teclados sintetizadores analógicos e digitais.

Para que fim foi realizado?
Trabalho para a disciplina Artes Imersivas, sob orientação da professora Yara Guasque.

Canais pessoais:
http://www.youtube.com/user/inalua79
http://www.vagaluminescente.blogspot.com/

Resumo do curriculum:
Cristina de Oliveira Cardoso, artista e graduanda do curso de Bacharelado em Artes Plásticas da UDESC, bolsista de pesquisa do grupo Telepresença em Ambientes Imersivos, Participativos e Interativos, sob orientação da professora Yara Guasque.

Leandro Garcia, Spectrum: Experimentações Artísticas com Interfaces Interativas, 2009

terça-feira, maio 4th, 2010

Leandro Garcia

UFRN | Curso de Licenciatura em Artes Visuais

Área de participação: Artes

Sinopse do trabalho:
Instalação de arte digital interativa envolvendo experimentações recursivas com interfaces, utilizando webcam e apropriação de códigos manipuláveis em flash. Surgiu com o intuito de refletir a construção subjetiva de corpos sígnicos em ambientes virtuais, acreditando que este seja um cenário propício ao fenômeno da “celebrização” e super exposição de pessoas comuns.  Nessa obra o interator irá confrontar-se diante de um espelho e simultaneamente será projetada sua imagem em pixels na parede.

Para que fim foi realizado?
Trabalho de Conclusão de Curso

Canais pessoais:

http://www.flickr.com/photos/leandro1006/sets/72157623843252189

http://www.slideshare.net/leandro1006/spectrum-experimentaes-artsticas-com-interfaces-interativas

http://leandro1006.blogspot.com

Resumo do curriculum:
Leandro Garcia é graduado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e foi bolsista em iniciação científica pelo REUNI, com o tema “CTRL+ART+DEL: Experimentações em Interfaces Artísticas”, orientado pelo Prof. Dr. Fábio Oliveira Nunes. Premiado no III Salão Abraham Palatinik de Arte e Tecnologia e participou da comissão de seleção do XIII Salão da Cidade do Natal, com Márcio Harum e Solon Ribeiro.

Rodrigo Montandon Born, Verbum, 2010

segunda-feira, abril 12th, 2010

Rodrigo Montandon Born

UDESC | Artes Visuais

Área de participação: Artes

Sinopse do trabalho:
Instalação de imagem projetada na parede. Ao centro da sala fica uma webcam junto a um microfone. No vídeo projetado, fundo de céu acelerado, som do sopro. Ao falar ao microfone, uma árvore começa a crescer conforme o observador sussurra. Quando atinge seu ápice, o sussurro não mais “funciona”, então o observador grita!
Em chamas, a árvore queima e cai, e através do verbo que a construiu, ela se destrói. Ao fundo cenas do fogo, fumaça e a própria boca de quem grita que é captada pela webcam.

Para que fim foi realizado?
Projeto de instalação multimídia com caráter interdisciplinar, realizado ao terceiro semestre da faculdade.

Canais pessoais:
http://www.flickr.com/photos/mrrodrigoborn/

http://www.youtube.com/user/MrRodrigoBorn?aia=true

Resumo do curriculum:
Estudei na área do Design Gráfico, porém acabei desistindo do curso, posteriormente fiz um minicurso de desenho animado e mangá, e agora estou cursando faculdade de artes visuais na UDESC.

Hélio Oiticica – Museu É o Mundo

quinta-feira, abril 8th, 2010

Quem mora em São Paulo tem um excelente programa para fazer até o dia 16/05. Está aberta a exposição Hélio Oiticica – Museu É o Mundo, com curadoria de Fernando Cocchiarale e César Oiticica Filho. É a maior exposição já realizada para homenagear o processo criativo do artista plástico da vanguarda brasileira dos anos 50, 60 e 70, um dos fundadores do Grupo Neoconcreto (ao lado de Amilcar de CastroLygia ClarkLygia PapeFranz Weissman). Em 2010, completa-se 30 anos de morte de Oiticica.

A exposição está dividida em duas partes. A primeira pode ser vista no Itaú Cultural, com mais de 100 obras, que vão de pinturas construtivistas a instalações, além de eventos paralelos sobre vida e obra de Oiticica.

A outra parte está “espalhada” em espaços públicos da cidade, fazendo jus ao propósito da exposição – Museu É o Mundo. Obras podem ser vistas no Parque Mário Covas – “A Invenção da Luz”, Teatro Oficina – “Penetrável PN 28” e “Nas Quebradas”, Pinacoteca do Estado - “PN 27 Rijanviera”, Casa das Rosas - ”Macaleia” e Parque do Ibirapuera – “PN14 Map”.

Exposição “Hélio Oiticica – Museu É o Mundo”

Itaú Cultural
Av. Paulista 149, Paraíso - SP [próximo à estação Brigadeiro do metrô]
Terça a sexta – 9h às 20h | Sábado, domingo e feriado – 11h às 20h
Informações: ( 11) 2168.1700 | Entrada franca

Festival Conexões Tecnológicas 2010 – mais detalhes, aqui.

Já fez a sua inscrição?

Veja os trabalhos que já estão inscritos nessa edição.

Clique aqui e debata sobre Artes e Design.