APOCALIPSO, Senmorta, 2009

APOCALIPSO
UAM | Design Digital

Área de participação: Design

Sinopse do trabalho:
Este projeto tem como base uma pesquisa realizada sobre o trabalho do artista australiano Stelarc. Contempla e instiga a reflexão sobre a construção de um novo corpo, um novo ser humano, híbrido, simbiótico, potencializado e amplificado através da união da tecnologia à carne. Discute a telepresença, conectividade, união de meios, bio e nanotecnologia. Encerra toda a linha de raciocínio abordada fazendo uma transfiguração e reflexão sobre a imortalidade.

Para que fim foi realizado?
Trabalho de Conclusão de Curso.

Canal pessoal:
http://www.senmorta.com.br/

Resumo do curriculum:
Os autores deste projeto iniciaram seus estudos acadmicos apresentando interesse pelos meios digitais e eletrnicos, motivo este que os encaminharam a escolher como especializao o curso de Design Digital, na Universidade Anhembi Morumbi. Fundaram no ltimo ano do curso o grupo que confeccionou este projeto, tendo xito na concluso do curso. No presente momento visamos difundi-lo.

Tags: , , , ,

11 Responses to “APOCALIPSO, Senmorta, 2009”

  1. Rodrigo Dutra disse:

    Muito bom, incrivelmente conceitual e elaborado

  2. Social comments and analytics for this post…

    This post was mentioned on Twitter by leandrocaro: APOCALIPSO, Senmorta, 2009 http://bit.ly/aM28z3...

  3. Fernanda Navilli disse:

    Trabalho incrível. Tema mais atual que esse não há.

  4. Renato Almeida disse:

    Teremos nós de transformarmos nossos corpos, num futuro próximo?!?!?!

    Seremos imortais, com a criôgenia e o Genoma?!???
    Site muito legal,e Tema atualíssimo!!!!

    Ahhh! Teremos de matar alienigenas?!?!?!?!

  5. [...] APOCALIPSO, Senmorta, 2009 – TCC  Design Digital de Leandro Caro, Fernando Gavronsk, Athila Benites, Rafael Martins, Fernanda Ferreira, Sávio Oliveira e Natanael Andrade. 92, Frações-de-uma-Inexistência – TCC 2009 [...]

  6. Cara de Lua disse:

    Caraca! Estou impressionado com os trabalhos, fico feliz em saber que estamos caminhando na direção de algo muito evoluído.

    Meus amigos, fiquei de cara com o trabalho SENMORTA!!!

    Acabei de ter uma experiência como eles mesmo disseram no site, multi-sensorial. Repleto de interatividade, conectividade, multiplicidade e não linearidade, são qualidades que prezo MUITO, não só em trabalhos acadêmicos, como também em projetos hipermidiáticos. Estamos numa nova fase da web, diante de um universo significativamente aberto a novas possibilidades, incluíndo trabalhos que nos fazem refletir em diversos aspectos.

    Fiquei apaixonado por esse trabalho que me mostrou de forma surpreendente, um assunto no qual estamos lidando a alguns anos com muita cautela, porém com um entusiasmo inerente às tecnologias atuais.

    Fiquei tão empolgado sobre o assunto que não pude deixar de baixar o teórico do trabalho, saber como tudo começou, como foi o desenvolvimento desse grupo, ao mesmo tempo que fiquei enciumado com o tema. Gostaria de ter participado de um assunto desses, trabalhado junto, enfim, colaborado de alguma forma para que pudessemos chegar EXATAMENTE como chegou.

    Parabéns ao grupo pela ousadia, pela qualidade da arte, pela poesia digital que foi elaborada, não vejo esse trabalho somente pela maravilhosa arte visual (sério, a qualidade artística supera minhas espectativas e minhas referências visuais), mas o que foi escrito também me deixou entusiasmado. Me senti dentro do trabalho, coloquei um fone de ouvido, webcam e o microfone, tudo que pudesse integrar ao trabalho. Muita coisa para ver e entender, isso é o mais importante, passar por todas as interfaces e descobrir cada hora uma coisa nova, entender que um assunto se conecta a outro e por ai vai.
    Entender que essa foi uma proposta para que nós possamos refletir sobre a nova era tecnológica, descobrir novas formas e novos meios para a sobrevivência da raça humana, fazendo um bom uso das evoluções tecnológicas e das superações das espécies.

    Vocês tem oportunidade de levar esse projeto adiante, divulguem, trascrevam para outras mídias, isso é imensurávelmente indispensável.

    Não tenho mais palavras, acho que deixei claro que meu voto é para o SENMORTA…parabéns ao conexões também, temos trabalhos ótimos por aqui. Mas esse aqui vocês não poderiam de deixar em destaque, acho que isso é unânime nessa polémica criada. Deixo aqui minha escolha, minha discussão sobre o assunto e minha dica ao conexões ; )

    Sem mais,

    abraço do Cara de Lua, Artista e Cientista autônomo.

  7. admin disse:

    Olá Cara de Lua,

    Ficamos felizes com a sua declaração e gostaríamos de aproveitar para lhe dizer: Não fique enciumado, apoie o trabalho que você mais gostou nas redes:

    - twitter.com/conexoes2010
    - http://www.facebook.com/conexoestecnologicas2010
    - http://conexoestecnologicas.ning.com/

    Nos encontramos lá também. Abraços,

    Conexões Tecnológicas

  8. Vera dos Anjos disse:

    Estou acompanhando os trabalhos inscritos e realmente o mais atual, curioso e intrigante sem duvida alguma é o “SENMORTA”, pois nos faz repensar a vida.

  9. admin disse:

    Olá Vera dos Anjos,

    Que bom que você gostou do trabalho SENMORTA!

    Sugerimos que você acompanhe outros através das nossas redes:

    - http://www.twitter.com/conexoes2010
    - http://www.facebook.com/conexoestecnologicas2010
    - http://conexoestecnologicas.ning.com/

    Apoie o trabalho deles!

    Abraços,

    Conexões Tecnológicas

  10. Carol Zanco disse:

    Gostaria de parabenizar os envolvidos no projeto SENMORTA e dizer que sem dúvidas é uma experiência instigante assim como o corpo humano e suas possíveis extensões tecnológicas. Um trabalho que merece reconhecimento!
    Meu preferido!!

  11. admin disse:

    Olá Carol Zanco!

    Que bom que você gostou do trabalho SENMORTA!

    Ajude o grupo a ter mais reconhecimento dando o seu apoio nas redes:
    - http://www.twitter.com/conexoes2010
    - http://www.facebook.com/conexoestecnologicas2010
    - http://conexoestecnologicas.ning.com/

    Abraços,

    Conexões Tecnológicas